quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Eternal sunshine


É tanta dor que não cabe em mim
não cabe em mim também as lágrimas,
o desespero,
os soluços
e o oco,
o vazio que se propaga
aqui dentro.
Aqui dentro é tudo escuro.
E já não preciso de luz.


Eternal sunshine of a spotless mind.
Na verdade, a memória NÃO É uma ilha de edição.

Um comentário:

Pedro_Paulo disse...

Olá, Gostei muito do seu blog, queria avisar que estou interessado em fazer parceria com o seu blog, caso se interesse, Favor entre em contato neste emai-l
p_gpi@hotmail.com
Grato