quarta-feira, 30 de novembro de 2011

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Depósito de memórias (alheias) secretas



No se lo digas a nadie.

Rav:
1. Casa Antigo Café Viagem Conversas Contas Miojo Museu Pai&Mae AmericaDoSul Planos LigaPraMim Fundação Pizza TaisNoMuseu? Chocolate Chico Durmir Gummy Mochilão Arquitetura Ele Festa Livro DeixaEuTeContar MSN Estagio Celpe Taquipariu VizinhaChata Oculos PintarACasa Museologia Madrugada TaisOnde? Porra TuVaiDurmirEmCasa? Soja RuaDoBaixinho Ele ComoFazIsso Coselho Café Filme Nikon Viagem Ciumes Vamos? Pipoca Faxina Garanhuns Amigos Leite Ler Cad Bacurau Contas FilmeNoPC Amor BotãoDoFoda-Se Chocolate Musica Feira Brigadeiro RoupaSuja Vida Voce Sempre Amo

2. EU KEROH MINHA IRMAM PORRA!!!!!!

Tales, querido...
1.Eu e você fazendo som,
a gente fica preso num quarteto de cordas,
e é um tom, é um semi-tom, é uma porção de colcheias.

2. Eu carregaria a sua mala!
Você me daria a sua mão!
Navegaríamos numa sleeping bag !

3. Have you ever been to Electric Ladyland?
The magic carpet waits, for you.
So don't you be late...

Someone:
igual a flor num recanto de pedras
sem maquiagens e afins
simples, natural e uma mente sem fim

G-Rarara...
"You´ve grown into a very beautiful young women"

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Una pena de amor es infinita

Aunque mi vida este de sombras llena
No necesito amar, no necesito
Yo comprendo que amar es una pena
Y que una pena de amor es infinita
Y no necesito amar - Tengo vergüenza
De volver a querer lo que he querido
Toda repetición es una ofensa
Y toda supreción es un olvido
Desdeñosa, semejante a los dioses
Yo seguiré luchando por mi suerte
Sin escuchar las espantadas voces
De los envenendados por la muerte
No necesito amar - absurdo fuera
Repetiré el sermón de la montaña
Por eso de llevar hasta que muera
Todo el odio inmortal que me acompaña

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Eternal sunshine


É tanta dor que não cabe em mim
não cabe em mim também as lágrimas,
o desespero,
os soluços
e o oco,
o vazio que se propaga
aqui dentro.
Aqui dentro é tudo escuro.
E já não preciso de luz.


Eternal sunshine of a spotless mind.
Na verdade, a memória NÃO É uma ilha de edição.