sábado, 28 de novembro de 2009

Eu ando tão down

Todo mundo já teve a puta vontade de deixar tudo e todos e fugir pra qualquer lugar do mundo bem longe, onde nada ainda te fez mal.
Esquecer um monte de coisa que não faz bem.
Fazer de conta, que a vida vai começar novamente, sem laços passados.
Só o laço futuro com a única pessoa que se confia nessas horas de "desespero".
E mais niinguém. Chega de família, chega de amigos, chega das situações tão constantes.

Sei que todo mundo já sentiu isso, o problema é a frequência e a intensidade que isso tem acontecido comigo.

Mas aí a gente foge pra um mundo particular e começa a formar desenhos nas nuvens tentar descobrir mais estrelas no céu. Até fecharmos os olhos, senti que já não há mais lágrimas e tudo volta ao normal. Como em um ciclo.

Um comentário:

e.m disse...

me identifico!