segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Supercordas

Estradas de açafrão,
aos montes sobem,
e eu só flutuo ao som de uma fuga rasteira
e agora o que restou?
sonhos nublados


Eu sonhando sobre o tapete,
das lilases pétalas de céu


(3000 fohas - Supercordas)





Eu sempre achei que Supercordas havia se "inspirado" nessas imagens do Magritte. Não é possivel... ou é.
Mas se Magrite fez Attempting the impossible e torna "possível" o que já não era, isso não é tão impossível assim.

Supercordas eu conheci há mais ou menos 5 anos. Desde o início o que me impressiona é a simplicidade tão psicodelica das letras, que tratam de temas tão diferentes... Ainda não vi coisa parecida na musica de hoje em dia aqui no Brasil. Fazem o que chamam de ruradélica (inclusive, esse é também o nome de uma música muito divertida deles!!!!).

Lembro muito bem da primeira musica deles que ouvi e fiquei IMPRESSIONADA (ok...tinha apenas 16 anos..rss). Diz assim:
Eu acordo sempre com disposição,
mas já de manhã o teto
cai no chão
e aos poucos você muda de cor
e logo foge pelo escorregador
você não passa de uma pedra,
com limo

(Câncer - Supercordas)


fica um vídeo da musica 3000 folhas. Lindo :)


2 comentários:

e.m disse...

eu n conhecia o Supercordas. Vou me interar!

Às vezes instigo-me a escrever coisas fragmentadas. Gosto disso. Expressa movimento =)

Bom, mas esse gostar é recíproco. Gosto do que escreves ou posta aqui.

um beijo.

e.m disse...

ah, traumas com a dança! Ainda faço dança de salão, hehe.